sexta-feira, 30 de junho de 2017

Direita sem Messias: entre a concorrência e a divergência - prevalece a prudência

A aparência de repouso é um movimento interrompido por outro...
A concorrência é a disputa entre os que pretendem ocupar o mesmo cargo para fazer melhor o que já está sendo feito, portanto, só é válido ser consevador se o aperfeiçamento for o objetivo e isso diferencia conservadorismo de comodismo.
A divergência é a disputa entre os que pretendem ocupar o mesmo cargo para fazer diferente do que já está sendo feito, portanto, há um risco muito grande de o diferente ser apenas diferente e, por isso, todo divergente amplifica o valor conservador da prudência.
A prudência significa “ não se deve ir com tanta sede ao pote”, “nem tanto o ceu, nem tanto a terra” e todos os conselhos equidistantes entre o 8 e o 80.
A monarquia sobrevive pela inércia da tradição e do peso da espada e toda novidade fica sujeita ao pior teste de paciência e a angústia de a novidade não contribuir no momento em que seria mais necessário.
Todo esforço para evitar as novidades revela algo perverso porque a prudência natural rejeita as propostas menos úteis ou não as deixa permanecerem ao sinal do primeiro prejuízo.
O ônus da novidade sempre será de quem a apresenta, mas os benefícios são de todos que ousarem praticá-la e o futuro a recebe como tradição e com a força da inércia.
O movimento monarquista é interrompido com os votos republicanos e o movimento republicano é interrompido com os votos monarquistas ou, distraidamente, com a abstenção, isto é, ausência de votos.
Os monarquistas preferem que você não vote !
Os monarquistas prevalecem mais pelo comodismo que pelo conservadorismo !
A inércia da tradição se garante com a falta de informação e a livre-expressão (quando não reprimida) é sabotada porque toda informação relevante se origina na concorrência ou na divergência.
Vote, ao menos, para incomodar o parasitismo reacionário que debaixo do manto de monarquistas, conservadores, prudentes, tradicionalistas e até de republicanos.
A abstenção é o pior de todos os males !
Deposite na urna sua concorrência ou divergência e acredite que sua participação, por si só, é responsável por todos os benefícios porque só ela bate a poeira do tapete !

Por uma Direita sem Messias

Nenhum comentário: