segunda-feira, 10 de abril de 2017

O vau

As ovelhas são animais muito dóceis e obedientes.
As ovelhas da Casa de Israel conhecem os caminhos de Israel.
Não pense em Israel como um lugar geográfico, mas numa nova conduta praticada por Jacó. Gênesis 32
Considerando deste modo não fica difícil compreender que o Reino de Deus não é aqui ou ali e que não possui aparência exterior. O Reino não é um lugar ! O Reino é uma maneira de estar no mundo ! Lucas 17
No Elogio da Loucura de Erasmo de Rotermã, um eleito, encontramos a explicação de que a palavra ovelha era uma ofensa entre os gregos.
Por várias narrativas sobre os gregos faz sentido considerar uma ofensa ao ser comparado a um animal associado à falta de iniciativa.
A empatia dos hebreus pelas ovelhas é antiga e Abel é o primeiro criador de ovelhas mencionado na Bíblia. Gênesis 4
São duas perspectivas diferentes e talvez divergentes. Disso podemos imaginar que muitas partes do Evangelho foram compreendidas de maneiras diferentes pelos gregos e pelas ovelhas perdidas da Casa de Israel.
Os hebreus conheciam os termos da Tanakh usados por Jesus e por algum motivo estes termos já não inspiravam mais os hebreus.
Por isso, em João, é notável a expressão: a Lei nos foi dada por Moisés e a Graça e Verdade nos foi dada por Jesus, o cordeiro.
Se era uma ofensa para os gregos serem chamados de ovelha, então, ao admirarem um cordeiro como redentor alguns gregos demonstraram bastante irreverentes.
Estes gregos passaram por uma porta estreita dentro da própria cultura!
As ovelhas são guiadas pelos pastores à procura de pasto e água e caminham longas distâncias. Elas andam em bando, mas ao atravessar o vau, muitas vezes, precisam passar uma de cada vez (porta estreita!).
Um vau é a parte mais rasa de um rio e para ser seguro precisa combinar alguns fatores relevantes: se a correntenza está muito forte, se o solo é escorregadio, se há enroscos, se as margens são muito distantes (impossível não lembrar da travessia do Mar Vermelho e do Rio Jordão).
Para um pastor ser bem sucedido ele precisa ser um bom reconhecedor de vaus. Habilidade adquirida com um mínimo de experiência.
Peça e receberá !
Uma passagem !
Procure e encontrará !
Uma passagem !
Bata e a porta se abrirá !
Um vau !
Mateus 7
Nossa vida é um rio de informações e sem um vau somos levados pela correnteza da confusão.
Mas cuidado !
O vau, única passagem disponível, serve de armadilha para os predadores.
Os ladrões e lobos esperam pelas ovelhas e obstruem o vau !
Ladrões e lobos sobrevivem da confusão e as ovelhas confusas se perdem.
Uma das fábulas mais famosas de Fedro, outro eleito (autor contemporâneo de Jesus), relata o diálogo capcioso entre a ovelha e um lobo enquanto bebiam água. E o lobo sofismou antes de devorar sua presa.
O vau é uma ótima ilustração do que é um termo em lógica.
Termo é a palavra que representa um conceito e quanto mais preciso for o conceito utilizado mais compreensível e precioso será o juízo desenvolvido.
Juízo em lógica significa afirmar ou negar alguma coisa.
O vau é seguro ?
Ninguém pode ser negligente ao emitir o juízo se o vau é seguro ou não.
Seus juízos revelam se você participa do grupo dos predadores ou das presas.

Nenhum comentário: