terça-feira, 11 de abril de 2017

O encontro : Eu...reka e Tu...baína

Diante do rio o bando de ovelhas se debruça sobre as águas e ficam espalhadas enquanto a parelha reduzida atravessa pelo vau.
Bebe-se água antes ou depois da travessia ?
Naturalmente, bebe-se antes e depois e o bando se espalha pelas duas margens.
Lobos e ladrões ficarão à espreita para atacar as ovelhas mais dispersas.
Há vários grupos de pensamentos: as ovelhas, o fluxo do rio e até lobos e raposas.
Os termos precisam ser definidos e conforme as definições adotadas é traçada a sequência de ideias antecedentes e ideias consequentes.
Os termos são heranças sociais e as ideias precisam ficar ancoradas nos termos para serem compartilhadas de maneira proveitosa.
Os termos não são tão flexíveis, mas possuem uma plasticidade que permite interpretações variadas.
A definição de cada termo depende das combinações entre as palavras utilizadas:
uma ovelha pode ilustrar o animal lanoso ou ingenuidade ou dependência ou docilidade...
Ilustrar o pensamento como ovelha pode sugerir que tal pensamento é um pensamento ingênuo.
A fantasia permite construir combinações novas e todo juízo, por mais rigoroso que seja, exala um aroma maior ou menor de poesia.
Se a fantasia nos oferece combinações absurdas, é válido lembrar que a diferença entre o absurdo e o não absurdo depende do senso de utilidade do juízo.
Muitos absurdos são divertidos e sua utilidade, até lucrativa, é o divertimento.
Muitos absurdos deixam de ser considerados absurdos quando a revolução os absolve desta alcunha.
Útil ou inútil e bom ou ruim são julgamentos severos e decisivos.
Muitas certezas, isto é, não absurdos leva as ovelhas para o cerco dos predadores.
A revolução sempre acontece porque novos vaus são procurados para proteger os pensamentos ingênuos (recém elaborados) do assédio de lobos e ladrões e manter o espelho d’ água sem manchas de sangue.
As mesmas necessidades podem ser melhor satisfeitas com novos juízos e encontrar um novo vau para o fluxo de pensamentos é um evento a ser anunciado com a alegria de Arquimedes e seus brados de eureka !
A nova porta encontrada pela pesquisa é um conjunto de fatores que podem ser sitematizados e se torna um patrimônio da comunidade quando divulgada.
Sem cuidado, todas estas etapas podem ficar embaralhadas e existe quem irá embaralhá-las de propósito !
Pessoas que assumem o compromisso de compartilhar e simplesmente não compartilham ou compartilham de modo em que as ideias não se encaixem.
Há também as pessoas que encontram novos vaus e não sistematizam de maneira clara ou acrescentam informações irrelevantes apenas para distrair.
A idolatria é a forma mais comum de distração !
A idolatria se aproveita da semelhança e substitui elementos com o objetivo de manter equívocos e gerar confusões.
A idolatria também se aproveita dos desejos das ovelhas.
Pensamentos-ovelhas são receptivos aos absurdos que mais lhes agradam e enquanto agradar a idolatria jamais será reconhecida como absurdo.
Os lobos e ladrões são criativos o suficiente para oferecer rios de refrigerantes aos ingênuos e o vau descoberto desperdiça seu eureka num rio de tubaína.
No diálogo ansiado entre os interlocutores Eu e Tu, infelizmente, haverá o abismo dos ídolos.

Nenhum comentário: