quinta-feira, 13 de abril de 2017

O bom pastor e a vida pelas ovelhas

Ovelhas e pastores são referências constantes na narrativa bíblica.
Abel foi o primeiro pastor de ovelhas mencionado e já numa situação ritualística. Gênesis 4
Abraão e Ló eram pastores, Esaú e Jacó também.
José, o sonhador-mor, antes de ser vendido como escravo, procurou pelos irmãos que apascentavam o rebanho.
Moisés cuidava do rebanho de Jetro quando foi chamado pela sarça ardente.
Davi era pastor de ovelhas e lutou com um urso para protegê-las, até então a sua única credencial de bravura antes de lutar com Golias.
Jesus, o único Mestre, declara que o bom pastor está disposto a dar sua vida (psiquê) pelas ovelhas. João 10:11
Todo nosso juízo consiste em aprovar ou reprovar os acontecimentos.
Avaliar a dimensão dos perigos para afastá-los. O resultado disso acaba sendo a edificação de fortalezas físicas e conceituais.
Consideramos bom o que é agradável ou útil ou bonito.
Para saber o que é agradável é suficiente se deparar com algo que evite a dor, cansaço e tristeza, por exemplo.
Para saber o que é útil é suficiente se deparar com instrumentos que promovam o que é agradável e para saber o que é belo é suficiente se deparar com algo que apresente um composto de agradável e útil reunidos de maneira harmoniosa.
Embora muitos destes fatores sejam de compreensão imediata, a experiência nos ensinou que a água, supremo bem da vida, está cercada de armadilhas porque os predadores bebem a água e aguardam as presas que também procurarão pela água.
Aprendemos, com muito custo, a não ir com muita sede ao pote !
Qual a utilidade do pastor ?
Proteger as ovelhas !
Um pastor que não reúna sabedoria, força e disposição para proteger as ovelhas nunca poderá ser considerado um bom pastor.
Um bom pastor só pode reunir estas características se tiver zelo pela vida em si e é obvio que arriscar a própria pele é uma medida extrema.
Qual a utilidade de uma ovelha para exigir tamanha disposição de um pastor ?
A ovelha oferece lã e a lã era uma moeda importante !
A indústria de vestiário depende deste produto primário. Se o pastor for um profissional relapso e sem compromisso desmorona toda uma estrutura econômica.
Jesus veio para que todos tivessem vida (zoé) e vida (zoé) em abundância. João 10:10
Toda a nossa percepção do que seja bom depende da cultura.
Essa cultura pode ser dirigida por salteadores e ladrões. Autoridades que desprezam a zoé das ovelhas.
Jacó viveu em luto por José sobre a túnica manchada de sangue !
Sua dor foi alimentada por um objeto real (ídolo) que representava a farsa (morte de José por uma fera) inventada por Judas e irmãos.
Psiquê é a vida cultural que separa judeus e samaritanos, amigos e inimigos e toda sorte de concorrências e divergências, ás vezes reais às vezes não 1
Zoé é a vida entre essas coisas e muito mais além dessas coisas !
Ovelhas enquanto palavra declara o animal que alicerça toda uma economia e relações sociais, mas ovelhas enquanto ideia pode apresentar algo antes e depois dessa estrutura econômica ou relações sociais.
O logos do princípio é oferecido pelo cordeiro que ensina a pensar com disciplina: observar os acontecimentos, refletir sobre eles e esvazair-se de rancores para obervar e refletir sem equívocos.
Jesus, a porta para as pastagens, alerta para que não sejamos precipitados nos julgamentos e a autocrítica é a melhor ferramenta para diminuir a influência dos ensinamentos equivocados e perversos dos sacerdotes.
Os sacerdotes, obviamente, pouco falam sobre isso, mas o Evangelho é a triste história do Redentor assassinado pelos sacerdotes, de quem era esperado serem os primeiros a reconhcê-Lo.
Os sacerdotes ensinam que o povo escolheu Barrabás em vez de Jesus, mas o registro do Evangelho é bem diferente.
Jesus entrou em Jerusalém recebido de modo triunfal pelo povo depois da ressurreição de Lázaro. João 12 João 11
Os sacerdotes, que já conspiravam contra Jesus, compreenderam que não poderiam mais adiar o assassinato. João 7
O Evangelho é um documento de desconfiança aos sacerdotes e os destitui de sua pretensa autoridade alicerçada na cultura (psiquê) da idolatria. João 7:52
Reflita sobre a idolatria, observe quem a promove e a verdade irá libertá-lo. João 7:24
Lobos que usam a pele de cordeiro é o sacerdote hipócrita (lobo) que veste a túnica de santidade (lã de cordeiro) e vive do sangue dos rancores e da ignorância.
Jesus é enfático ao advertir: Onde houver um cadáver ali se ajuntarão os abutres. Mateus 24:28
Lembre-se disso quando se ajoelhar diante de uma cruz !


Nenhum comentário: