sábado, 20 de agosto de 2016

Doce para o Formigão

Todos lembram do Diobel da Didols ?
Vereador pelo PSDB por 2 mandatos e ex-Presidente da Câmara ?
Por problemas com sua prestação de contas na eleição de 2010 ele ficou inelegível !
Por não poder se candidatar nesta eleição o PSDB apresenta para o eleitor o Genérico de Diobel: Formigão da Didols !
Mesmo nome de imobiliária, mesmo número e o mesmo jingle bell.
Formigão é uma boa pessoa como o Diobel também é, no entanto, o Formigão traz um brandy a mais.
Formigão é mais velho, mais maduro e também mais elegante.
É uma boa estratégia. Diobel seria eleito se sua candidatura não fosse embargada.
Sua densidade de votos ajuda a atingir o precioso quociente eleitoral e o coloca como possível vencedor.
Se a chapa PSDB+PSC conseguir a 4ª sobra de cadeira, tudo tende para que o Formigão seja o único vereador do PSDB na próxima legislatura.
Patrícia Juliani que foi oferecida como candidata a Deputada Estadual em 2014 e obteve boa aceitação do público tem, nesta eleição, 2 obstáculos:
1) o PSC pode ocupar a 1ª ou 2ª cadeira do grupo.
2) Formigão pode ocupar a 1ª ou 2ª cadeira do grupo.
Patrícia Juliani sem o apoio da massa evangélica de Fernando ou da especulação imobiliária do Genérico Didols depende apenas do PSDB.
Esperar o quê do PSDB se o foi o próprio PSDB que criou um cenário desfavorável pra ela ?
1) A especulação imobiliária capitaneada por Amagai e o PSDC fecha o que poderia ser a 3ª cadeira do PSDB e o PSDB permite que o grupo use seu grande tempo de rádio e tv para isso e oferece o prestígio da candidatura de vice-prefeito.
2) Faz a coligação para interromper a sequência de cadeiras do PSDB colocando um candidato mais forte na coligação com o PSC.
3) A mesma especulação imobiliária que patrocina o projeto de Amagai e PSDC para eleger possivelmente o Valmir do Meia lua fica na banheira dentro do PSDB com o Formigão ostentando o nome de uma imobiliária.
Tudo certo se a especulação imobiliária não fosse a principal agressora do urbanismo e, consequentemente, a maior sabotadora do Município.
Em resumo: O PSDB trabalha para preencher o Parlamento com Valmir do Meia Lua, Fernando da Ótica e Formigão da Didols.
O PSDB, na prática, impede que vereadores com o perfil esperado pelos eleitores do PSDB sejam eleitos.
Patrícia Juliani e Dr Rodrigo Salomon, se não tiverem o grande apoio dos eleitores, podem servir apenas de escada para candidatos menos qualificados e sem compromissos com o PSDB.
Amargai, jacareienses ! É isso o que acontece quando um partido parlamentarista entrega o Parlamento para as formigas.

Hy Ho !

Nenhum comentário: