quinta-feira, 21 de julho de 2016

Água para os sedentos - Exegese do Livro de Bichaías 21:1-17

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Os tufões do vento sul trarão famintos e sedentos.
Os pérfidos agem perfidamente e é da natureza do destruidor destruir.
Sinto-me angustiado como a mulher em trabalho de parto.
O que ouço me abate e o que vejo me desanima.
Meu coração vive agitado.
Guarde sentinela com a queda da Babilônia!
Os ídolos de Babilônia não foram capazes de a proteger da ruína.
Os filhos de Israel há muito foram alertados.
Dê água e pão aos desterrados porque fogem dos horrores da guerra.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 8 do Massacre em Nice
Dia 6 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 3 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg

Nenhum comentário: