domingo, 31 de julho de 2016

O que é uma multidão de vozes perto do rugido do leão? Exegese do Livro de Bichaías 31:1-9

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Muito são seduzidos pelo esplendor do Egito.
Confiam no exército do faraó devido à quantidade de carros e cavaleiros, mas tudo isso é simplesmente carne e lembro a todos que diante da carne o Espírito prevalece.
Deus é como o leão e o leãozinho diante da presa! A multidão de pastores não impedirá a caçada pois a multidão de vozes não prevalecem sobre o rugido.
Por isso, adverte o Criador para que se desfaçam de seus ídolos pois nada do que o homem possa realizar com as próprias mãos é superior à obra de Deus.
Cientes disso, esperem não só a queda do Egito como também a da Assíria e a escravidão de seus jovens.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 18 do Massacre em Nice
Dia 16 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 13 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 10 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 9 do Ataque ao shopping de Munique
Dia 8 do Massacre em Cabul
Dia 7 da explosão de homem-bomba em Ansbach
Dia 6 do atentado ao asilo em Sagamihara
Dia 5 da Degola de um sacerdote católico durante a Missa em Saint-Etienne-du-Rouvray

sábado, 30 de julho de 2016

Calar os profetas é uma maneira de mentir - Exegese do Livro de Bichaías 30:1-33

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

O estilo de vida do Egito é sedutor e inflama a imaginação dos curiosos a ponto de despertar rebeldias fúteis.
No meu conselho considero que se o Egito não é bom para os egípcios quanto mais para os não egípcios.
Sei o que pensam sobre os conselhos dos profetas, mas é para dizer o que não compreendem que eu os envio.
Calar os profetas é uma maneira de mentir !
Os vasos que não feitos do meu barro se quebrarão independente da destreza do oleiro.
Os vasos se quebrarão de forma que nenhum caco servirá para pegar água nas poças.
Muros também cairão !
Poderão fugir dos inimigos, mas eles os alcançarão !
Porém, Deus, na sua infinita misericórdia, nunca deixará de oferecer mestres e sábios.
Tudo será melhor compreendido quando forem jogados fora todos os ídolos !
Quando compreenderem as minhas palavras não faltará chuva para as sementes e verdes permanecerão os pastos de seu gado.
A luz da lua será tão útil quanto a luz do sol.
Preencham a noite com harpas e tamboris bendizendo o Criador para que o império dos opressores seja destruído.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 17 do Massacre em Nice
Dia 15 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 12 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 9 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 8 do Ataque ao shopping de Munique
Dia 7 do Massacre em Cabul
Dia 6 da explosão de homem-bomba em Ansbach
Dia 5 do atentado ao asilo em Sagamihara
Dia 4 da Degola de um sacerdote católico durante a Missa em Saint-Etienne-du-Rouvray

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Tempos de analfabetismo - Exegese do Livro de Bichaías 29:1-24

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Um dos maiores castigos é o tempo de analfabetismo.
Para os períodos de ausência dos profetas existem os livros.
Pior do que não ter os livros é tê-los sem saber lê-los !
Haverá os que nada poderão ler e os que lerão sem compreender.
Porque a Palavra é o sopro do Espírito mais do que tabuletas de mandamentos.
Existem as Leis do Penhor que ninguém por capricho pode subvertê-las.
Ao manso será dada a chance de ouvi-las mesmo que surdo e de vê-las mesmo que cego porque é impossível impedir que haja maravilhas.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 16 do Massacre em Nice
Dia 14 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 11 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 8 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 7 do Ataque ao shopping de Munique
Dia 6 do Massacre em Cabul
Dia 5 da explosão de homem-bomba em Ansbach
Dia 4 do atentado ao asilo em Sagamihara
Dia 3 da Degola de um sacerdote católico durante a Missa em Saint-Etienne-du-Rouvray

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Não abusem do vinho - Exegese do Livro de Bichaías 28:1-29

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”
O vinho é um bom divertimento, mas um péssimo conselheiro, portanto, evitem abusos.
Cultuá-lo é promover confusões e soberba.
Os passos trôpegos da dança não servem para deter um exército!
Os lábios gaguejantes nada de útil possuem para ensinar!
Sacerdotes e profetas do vinho não são portadores de nenhum juízo!
Dêem espaço em seus corações ao ensinamentos do Penhor!
Confiem no Deus invisível porque a invisibilidade não significa ausência.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 15 do Massacre em Nice
Dia 13 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 10 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 7 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 6 do Ataque ao shopping de Munique
Dia 5 do Massacre em Cabul
Dia 4 da explosão de homem-bomba em Ansbach
Dia 3 do atentado ao asilo em Sagamihara
Dia 2 da Degola de um sacerdote católico durante a Missa em Saint-Etienne-du-Rouvray

quarta-feira, 27 de julho de 2016

O leviatã será derrotado - Exegese do Livro de Bichaías 27:1-13

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”
Que todos saibam: o Leviatã, serpente veloz no mar das emoções, é a ira que nasce de dentro de nós !
Cuidem da vinha para cantar o vinho!
Sem raiva não são os espinheiros retirados da plantação? É assim que se deve agir!
É o amigo tratado como amigo e o inimigo colocado à distância !
O preço da vaidade e da idolatria será o exílio, o desterro !
Haverá mais abrigo para todos quanto menos altares houver !


Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 14 do Massacre em Nice
Dia 12 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 9 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 6 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 5 do Ataque ao shopping de Munique
Dia 4 do Massacre em Cabul
Dia 3 da explosão de homem-bomba em Ansbach
Dia 2 do atentado ao asilo em Sagamihara
Dia 1 da Degola de um sacerdote católico durante a Missa em Saint-Etienne-du-Rouvray

terça-feira, 26 de julho de 2016

O caminho do justo - Exegese do Livro de Bichaías 26:1-21

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Os caminhos do justo são planos e amparados por Deus.
Confiai nas Leis do Penhor porque ela é a rocha que ensina aos povos a justiça.
Tantos reis tiveram os seus nomes apagados da memória do povo.
Viverá em paz quem se colocar como um instrumento nas mãos de Deus.


Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 13 do Massacre em Nice
Dia 11 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 8 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 5 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 4 do Ataque ao shopping de Munique
Dia 3 do Massacre em Cabul
Dia 2 da explosão de homem-bomba em Ansbach
Dia 1 do atentado ao asilo em Sagamihara

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Enxugando as lágrimas - Exegese do Livro de Bichaías 25:1-12

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Quando se compreender que os antigos conselhos de Deus são verdade e firmeza e se cantarem Suas maravilhas o próprio Deus enxugará as lágrimas dos que sofrem.
A alegria permanecerá numa festa em que todos os povos participarão com a oferta do gado mais gordo e do vinho de melhor qualidade.
A guerra não haverá razão para existir quando o mais forte proteger o pobre e o necessitado nos dias de angústia e o refugiado diante da tempestade ou do calor escaldante.
Mas, para os que não compreenderem estas coisas continuarão eles imersos em dores porque a guerra sempre fará das mais belas e pujantes cidades escombros e ruínas.


Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 12 do Massacre em Nice
Dia 10 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 7 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 4 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 3 do Ataque ao shopping de Munique
Dia 2 do Massacre em Cabul
Dia 1 da explosão de homem-bomba em Ansbach

domingo, 24 de julho de 2016

Descabeçados - Exegese do Livro de Bichaías 24:1-23

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

O bem ou mal que suceder ao povo se sucederá aos sacerdotes.
O bem ou mal que suceder ao servo se sucederá ao seu senhor.
O bem ou mal que suceder à serva se sucederá à sua senhora.
O bem ou mal que suceder ao comprador se sucederá ao vendedor.
O bem ou mal que suceder ao que empresta se sucederá a quem toma emprestado.
Quando o Penhor resolver esvaziar a Terra a Terra será esvaziada!
Saques removerão todos de seus lares e confortos.
Desobedecer as Leis do Penhor enfraquece a Terra e contamina as relações.
Transgredir ou alterar as Leis do Penhor traz confusões.
Sem cuidar das Leis do Penhor toda a alegria é fugaz!
O único caminho para a felicidade é louvar o justo!
Se não for assim será o povo governado por ébrios e até a lua e o sol ficarão envergonhados dos desatinos e do sofrimento irrevogável.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 11 do Massacre em Nice
Dia 9 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 6 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 3 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 2 do Ataque ao shopping de Munique
Dia 1 do Massacre em Cabul

sábado, 23 de julho de 2016

Ganância - Exegese do Livro de Bichaías 23:1-18

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Para quem tem a ganância de uma prostituta nada mais lhe restará do que prostituir-se.



Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 10 do Massacre em Nice
Dia 8 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 5 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 2 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil
Dia 1 do Ataque ao shopping de Munique

sexta-feira, 22 de julho de 2016

De nada vale chorar quando se é tarde demais - Exegese do Livro de Bichaías 22:1-25

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

De nada vale chorar quando se é tarde demais.
Isso só aumenta a fúria do invasor.
Na hora da advertência ninguém ouviu e festejou-se como se o problema nunca chegasse à porta.
Não é possível frear a revolta quando acontecer.
Trocam-se os líderes, mas isso é uma busca vazia por soluções porque acabarão desmontando as casas para se fortalecer os muros da cidade.
A solução é conhecer e obedecer as leis do Penhor antes que se levantem os exércitos dos necessitados.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 9 do Massacre em Nice
Dia 7 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 4 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg
Dia 1 da 1ª Prisão por Porraloquice Digital Islâmica no Brasil

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Água para os sedentos - Exegese do Livro de Bichaías 21:1-17

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Os tufões do vento sul trarão famintos e sedentos.
Os pérfidos agem perfidamente e é da natureza do destruidor destruir.
Sinto-me angustiado como a mulher em trabalho de parto.
O que ouço me abate e o que vejo me desanima.
Meu coração vive agitado.
Guarde sentinela com a queda da Babilônia!
Os ídolos de Babilônia não foram capazes de a proteger da ruína.
Os filhos de Israel há muito foram alertados.
Dê água e pão aos desterrados porque fogem dos horrores da guerra.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 8 do Massacre em Nice
Dia 6 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 3 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg

quarta-feira, 20 de julho de 2016

O Profeta Nu - Exegese do Livro de Bichaías 20:1-6

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

O profeta andou por 3 anos nu e descalço durante a guerra para mostrar com seria o fim da glória do Egito e da esperança da Etiópia.
Moços e velhos seriam arrastados nus em cativeiro pelo rei da Babilônia.
De vergonha e assombro como escaparemos nós ?

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 7 do Massacre em Nice
Dia 5 do Massacre em Ancara e Istambul
Dia 2 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg

terça-feira, 19 de julho de 2016

Triste Egito - Exegese do Livro de Bichaías 19: 1-25

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”
O que dizer do Egito se não que a Lei do Penhor é implacável?
Serão os ídolos do Egito destruídos e desprestigiados.
Irmãos guerreando contra irmãos destruirão o reino.
Ídolos e feiticeiros, encantadores e e espíritos de antepassados não consolarão o Egito.
Os rios secarão e os pescadores gemerão.
Uma estrada unirá Egito e Babilônia e será Israel um ponto de repouso !
Entre tantos altares será erguido um deles para se lembrar do Criador.
Não o altar em si, mas lembrar-se do Criador trará conforto ao Egito.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 6 do Massacre em Nice
Dia 4 do Massacre em Ancara e Istambul

Dia 1 do Ataque à linha Treuchtlingen - Würzburg

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Rapina - Exegese do Livro de Bichaías 18:1-7

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

O rei que precisar de mercenários para manter seu reinado estará entregue às aves de rapina.
Sua glória será apenas sombra sobre outros reinos e pouco aproveitará da colheita dos povos subjugados.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 5 do Massacre em Nice
Dia 3 do Massacre em Ancara e Istambul

domingo, 17 de julho de 2016

Triste Damasco - Exegese do Livro de Bichaías 17:1-14

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Damasco deixará de ser uma cidade e será um montão de ruínas.
Vazia, será ocupada pelos rebanhos sem que alguém os espante.
Esteja onde estiver, quem não cultivar a aliança será privado até do mais básico.
A vida será como uma oliveira que oferece poucos frutos e nos galhos mais altos.
Lembrará o homem de seu Criador ! Entenderá a tolice dos altares e de ídolos realizados com as próprias mãos.
Por ter se esquecido de Deus verá a plantação germinar, mas não a verá florescer !
O rugido do mar se confundirá com os clamores das nações !
Os Êxodos serão como a um tufão e os desalojados desalojarão à força quem não os receber.
O anoitecer chegará com pavor e o amanhecer não chegará: esta será a recompensa para quem saqueia e despoja os simples.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 4 do Massacre em Nice
Dia 2 do Massacre em Ancara e Istambul

sábado, 16 de julho de 2016

Abrigue os refugiados - Exegese do Livro de Bichaías 16:1-14

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

Existirão pássaros vagueantes fora dos ninhos !
Abrigue os refugiados ! Habitem com vocês os meus desterrados !
O trono se firmará na benignidade e justiça.
As mentiras não são capazes de sustentar nenhuma soberba e as lágrimas não fertilizam a terra.
As orações vibram a harpa que trago no meu peito, mas sem justiça nenhuma oração será ouvida.

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 3 do Massacre em Nice
Dia 1 do Massacre em Ancara e Istambul

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Sangue não sacia a sede - Exegese do Livro de Bichaías 15:1-9

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

O trabalho de décadas pode ser desmanchado num único dia!
As lágrimas servirão de conforto, mas serão apenas lágrimas.
O Penhor se compadece, mas as Leis são inexoráveis: sem água a erva seca e e o gado procurará outras pastagens.
Enquanto estiverem as águas manchadas de sangue ninguém as poderá beber!

Mês 2 do Massacre em Orlando
Dia 1 do Massacre de Nice

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Triste Babilônia - Exegese do Livro de Bichaías 14: 1-32

“São os bois e os jumentos mais sensatos do que os moradores desta ilustre cidade”

Ouro, glória, prazer e poder: tudo isso vai pro saco!
O mundo gira, a mesa vira e os oprimidos acalentam o projeto de se vingarem.
Os oprimidos oprimirão os opressores. É uma questão de cultura, é uma questão de tempo. Ninguém perde por esperar !
Não se alegre se cair o seu inimigo porque se você não agir com justiça também chegará o seu dia de cair.
Não lhe será dada a vitória para repetir os erros do antigo opressor porque o Penhor guarda para todos os mesmos castigos para as mesmas desobediências.
Se tudo o que fizer for para ter o nome grafado em alguma sepultura saiba que nenhuma sepultura terá.

Mês 2 do Massacre em Orlando

quarta-feira, 13 de julho de 2016

O arrogante fugirá igual a uma corça - Exegese do Livro de Bichaías 13: 1-22

“São os bois e os jumentos mais sensatos que os moradores desta ilustre cidade”

As mudanças na sociedade tornam as pessoas apreensivas iguais a mulher que entra em trabalho de parto.
No dia do Penhor o arrogante fugirá igual a uma corça e cada pessoa valerá mais que o ouro de Ofir.
Os palácios do soberbos serão ocupados pelos animais selvagens.

Mês 2 do Massacre em Orlando

terça-feira, 12 de julho de 2016

Gratidão - Exegese do Livro de Bichaías 12:1-6

“São os bois e os jumentos mais sensatos do que os moradores desta ilustre cidade”

A gratidão é a mãe da generosidade !
O rigor dos pais tem apenas o propósito de mostrar o melhor caminho.
A vida é um canto e quanto mais narrarmos as maravilhas que nos acontecem mais maravilhas existirão. Bendizei as coisas boas mais que lamentar-se pelas ruins!

Mês 2 do Massacre em Orlando

segunda-feira, 11 de julho de 2016

O lastro das palavras - Exegese do Livro de Bichaías 11:1-16

“São os bois e os jumentos mais sensatos do que os moradores desta ilustre cidade”

Quando as palavras possuírem a justiça e a lealdade como lastro o povo não será mais subjugado pelos ímpios.
Viverá o mais fraco protegido pelo mais forte.
Todos saberão como é a lei do Penhor.
Com tranquilidade, os que se dispersaram poderão se reagrupar.
A inveja será um sentimento raro e considerada uma imaturidade como se fosse uma criança distraída na proximidade de lagartos e serpentes.
A compreensão guiará o destino de todos os povos.

Mês 1 do Massacre em Orlando

domingo, 10 de julho de 2016

A lei deve ser em favor do povo -Exegese do Livro de Bichaías 10:1-34

“São os bois e os jumentos mais sensatos do que os moradores desta ilustre cidade”

O rei que usar a lei para prejudicar seu povo não poderá esperar voluntários na hora de defender o reino de alguma invasão.
A empáfia coloca generais em conflito com exércitos traiçoeiros e sob planos de hipócritas.
Os ídolos, nem mesmo os de magnífica escultura, nada podem contra a ira do Penhor.
Todos os tesouros são como ovos num ninho desprotegido.
O machado e a serra servem as mãos que os seguram.
A intensidade da inteligência abrasará a todos igual a um incêndio numa floresta.
Os poucos que rejeitarem o caminho certo não ficarão distantes por muito tempo.

Mês 1 do Massacre em Orlando