domingo, 3 de janeiro de 2016

Eleições 2016, a #novela cap 02 - O Tributo

- Não os gerei para isso
- É o tributo
- Insulto
- Que seja
- Covarde
- Bata que exista um monstro a devorar nossos filhos
De nada vale,agora, devorarmos-nos um ao outro
- Até quando?
- Há tempos é assim
- Tudo por causa daquela vaca cara-de-pau
- Que ninguém a ouça
- Foda-se
Não suporto mais. De 4 em 4 anos a mesma coisa
Jogamos nossos filhos na cova horrível
Meu ventre é um cadafalso, o inocente já sai dele condenado
- Como não seriam belos os frutos de tão formosa árvore?
- Beleza maldita
- Ao menos, está viva
- Queria ter sido escolhida e morreria apenas uma vez, não a cada filho entregue
- Podemos rezar
- Azar
- Pelo menos, acalma
- Só os que não têm alma
- Um heroi há de vir
- Por que a solução não surge de nós mesmos?
- Se formos sinceros em nossas preces não tardará
- Já é tarde, covarde

Nenhum comentário: