quinta-feira, 11 de junho de 2015

Pudor e despoder

Cadê o nazareno ?
Dei ordens expressas para prendê-lO !

Qual nazareno ? Existem tantos

Não brinque comigo, oficialzinho

Sou um oficial de justiça, não um lacaio

Você acha que irá muito longe, me desafiando ?

Para o ceu, talvez,
Receio apenas a punição do Criador de todas as coisas,
não de sacerdotes que mal conhecem
ou distorcem as Escrituras

Basta

Quero o nazareno aqui

Se acaso, se refere ao rabi Jesus...

Rabi, que rabi ?
Estão loucos ao considerá-lO um rabi

Desculpe-me intrometer, ele está certo
A Lei...antes da prisão precisamos ouvir
as razões de Jesus, primeiramente

Nicodemos, vejo que é mais um fraco
contaminado pelas heresias deste, sei-lá-o-quê,
samaritano, talvez

Somos os principais, existe um protocolo a seguir
Nossas paixões não devem prevalecer

Por isso mesmo, Nicodemos...
Acaso é você um galileu também ?
Se pensa na possibilidade deste bêbado,
rodeado por ladrões e prostitutas,
ser o Messias, ao menos, pesquise
verá nas Escrituras que a Galileia nunca levantou profetas

Nenhum comentário: