segunda-feira, 1 de junho de 2015

Misericórdia quero

Misericórdia quero 
e não sacrifícios

A casa de Meu Pai
é casa de oração
para se redimir
bastam arrependimento e perdão
porque a morte de um cordeiro
endurece o coração
o altar é um túmulo frio
e o templo é ilusão

Misericórdia quero
e não sacrifícios

Aos que não suportam a luz
e preferem a escuridão
venham e vejam que diante de Deus
e sua imensidão
de esplendor foi flor
mais agraciada que Salomão
o bezerro de ouro alimenta os tolos
e o amor a salvação
de qualquer pedram nascem filhos de Abraão

Misericórdia quero
e não sacrifícios

É um abuso quem sabe ler
esconder a informação
que, desde Abel,
o sacrifício é maldição
se a idolatria ainda oprime
e a vaidade cega a razão
fantasiemos o sangue com vinho
e a carne com pão

Misericórdia quero
e não sacrifícios

Nenhum comentário: