domingo, 19 de outubro de 2014

O Evangelho é sagrado, só isso !

Ser sagrado não é pouca coisa, porém, ser sagrado é simplesmente ser protegido de alterações.
Ao considerarmos o Evangelho sagrado estamos assumindo o compromisso de não alterá-lo numa possível cópia ou tradução. Todos possuem o direito de beber da mesma fonte e dialogar, a partir das mesmas referências. Jesus disse que não mudaria um til sequer da... Lei de Moisés, mas, para escândalo de todos, não guardou o sábado quando precisou curar. Conhecia as Escrituras e lembrava o episódio em que o rei Davi usou os pães reservado exclusivamente aos sacerdotes para alimentar seus soldados.
Quais são as garantias de que o Evangelho não foi alterado ? Nenhuma !
Quais são as garantias de que a Lei de Moisés não foi alterada antes que Jesus a conhecesse ? Também nenhuma !
Portanto, mais um motivo para ler o Evangelho em vez de adorá-lo ou, como frequentemente acontece, de usá-lo como amuleto (um livro aberto sobre a estante ou versículos pendurados por vários lugares).
O maior gesto de amor ao Evangelho é lê-lo e saber que nenhum comentarista ou comentário é mais importante do que o Evangelho.
Processos indecentes de colonização e atos de violência foram justificados por comentaristas do Evangelho, porém nunca pelo próprio Evangelho. Basta lê-lo para compreender isto !
Muitas vezes não impedimos muitas aberrações em nome de Deus ou de Jesus simplesmente porque não o lemos e aceitamos o que dizem pessoas que abusam de nossa boa-fé.
Sim, humanos decepcionam (a começar pelos apóstolos !) Por isso, a leitura do Evangelho, a oração e a vigilância são os fundamentos da graça e da verdade.
Amor é fundamental

Nenhum comentário: