domingo, 19 de outubro de 2014

Não vim para julgar o mundo

O capítulo 12 do Evangelho de João narra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém.
A ressurreição de Lázaro foi de uma repercussão tão grande que Jesus foi recebido em Jerusalém como rei.
Tanta era a alegria das pessoas que elas portavam ramos de palmeiras e gritavam: hosana, Bendito o rei de Israel que vem em nome do Senhor.
Jesus passava pelas ruas... montado num jumentinho enquanto era ovacionado e todos  ouviram uma voz estrondosa do ceu O glorificando. Muitos pensavam ter ouvido um trovão outros estavam convictos de que era a voz de um anjo.
Alguns gregos se aproximaram e pediram aos apóstolos uma oportunidade para conversar com Jesus e Ele lhes explica a doutrina:
--- Eu não vim para julgar o mundo, vim para salvá-lo !
Jesus, ciente da perseguição mal pôde curtir o momento, retirou-se e se escondeu !
Depois de tantos sinais alguns sacerdotes começaram a acreditar que Jesus fosse o Messias, porém os covardes O admiravam em silêncio, porque tinham medo de serem expulsos da sinagoga pelos fariseus.(João 12:42)
Estes sacerdotes preferiam a glória dos homens à glória de Deus.
As ameaças, a campanha de difamação e o coração duro das pessoas as impediram de acreditar em Jesus.
Amor é fundamental

Nenhum comentário: