domingo, 19 de outubro de 2014

Jesus repreende a idolatria de Pedro

Jesus reprovava a idolatria e o capítulo 21 do Evangelho de João mostra-o repreendendo Pedro e o carinho com que repreendeu.
Depois que Jesus ressuscitou apareceu algumas vezes para os apóstolos e numa destas aparições foi na praia enquanto Pedro, João, Tomé e alguns discípulos estavam pescando.
Um homem chega à praia e pergunta aos apóstolos se hav...ia alguma coisa para comer e eles respondem com certa indiferença que não e Jesus (ainda não reconhecido) percebeu que eles não tinham pescado nada e Jesus aconselha para que joguem a rede para o lado direito. Para a surpresa deles a rede pegou tanto peixe que quase não suportou o peso. João reconhece Jesus e diz a Pedro que o homem na praia era o Senhor.
Pedro fica eufórico e se lança no mar na tentativa de chegar perto de Jesus antes dos demais, que continuaram no barco arrastando a rede. Quando Pedro estava próximo, Jesus, que já tinha peixes e pão sobre a fogueira pede para que seja trazido um dos peixes pescado naquele momento. Pedro volta para o barco e puxa a rede sozinho em direção à praia. Pedro talvez imaginava que Jesus notaria grande demonstração de afeto.
Bem, Jesus notou, porém não foi de seu agrado !
Ao final da ceia, Jesus pergunta três vezes para Pedro se ele o amava mais que os demais. Uma sutileza no texto (talvez não para Pedro e os apóstolos)que indica a reprovação foi que Jesus se dirige a Pedro não pelo apelido de Pedro, mas pelo nome Simão e acrescentado da referência paterna, isto é: Simão, filho de Jonas, você me ama ?
Cefas, que quer dizer rocha, foi um apelido inventado por Jesus. Falamos Pedro por ser a tradução latina, amplamente divulgada. Ao não usar o apelido Jesus nega qualquer intimidade. Além disso Jesus faz a pergunta por 3 vezes, o que lembra as 3 vezes que Pedro negou Jesus no momento da prisão.
Toda vez que Pedro confirmava seu amor por Jesus, o Mestre lhe dizia: apascenta as minhas ovelhas.
Apascentar é o ato de alimentar as ovelhas, levá-las ao pasto, ou seja, o ofício do pastor. Pedro era pescador, portanto, Jesus estava usando uma alegoria que pode ser compreendida: leve  a Boa Nova (Evangelho) para o povo, alimente-o. Pois não somente de pão viverá o homem mas também da palavra de Deus.
Jesus não quis ser adulado e bajulado. Tão pouco que usasse seu nome e o de Deus em vão.
Alimente as minhas ovelhas com o Amor ! Deus conhece o coração de todas as pessoas. Ele não pede demonstrações de amor, Ele fica feliz quando nos amamos.
Fiquemos atentos com a diferença entre Amor e expressões de amor, entre religião e cultura, entre arrependimento e penitência e toda confusão gerada pelo comércio da fé.
Os vendilhões do templo alimentam a confusão e a confusão se multiplica num ambiente de vaidade e idolatria.
Amor é fundamental

Nenhum comentário: