domingo, 19 de outubro de 2014

Jesus não é de Deus

 Estamos lendo o capítulo 9 do Evangelho de João e nele nos deparamos com mais um milagre de Jesus, novamente feito num sábado, e a sua repercussão.
Fazer milagres aos sábados parece ser uma provocação e estou convencido que seja mesmo ! Lembremos que os fariseus planejavam assassinar Jesus e Ele sabia disto.
Jesus é maravilhoso e desmoralizava as au...toridades religiosas de seu tempo. Um verdadeiro filho...do Pai, que com sua autoridade e poder varre a pompa dos que fazem mau uso do seu prestígio social.
Os fariseus diziam: Jesus não é de Deus ! Motivo ? Por não guardar o sábado ! (João 9:16)
Algumas pessoas ficavam inquietas e se perguntavam como uma pessoa capaz de fazer tantos sinais não poderia ser um profeta ou um enviado de Deus, talvez, o próprio Messias.
Em represália, quem questionasse a opinião das autoridades religiosas ou confessasse acreditar que Jesus era um enviado de Deus, seria expulso da sinagoga.
Este milagre é mais extraordinário que os anteriores porque não havia registro entre os judeus de um cego de nascença ter sido curado. Também prevalecia a crença de que nascer cego era um castigo pelo pecado dos pais.
Jesus questionava estas crenças e disse não haver pecado do cego nem de seus pais na cegueira de nascença e que aquele jovem havia nascido cego somente para que pudesse ser manifestado o poder de Deus com o  milagre que Jesus faria naquele momento. Como quem dissese: não busquem explicações para o que somos porque a vida é um milagre para ser desfrutado aqui e agora.
Jesus cuspiu no chão, fez uma porção de barro com os cuspe e aplicou aos olhos do cego. Pediu ao jovem para que os lavasse no poço. Removido o emplasto, passou a enxergar. Estava feliz !
As pessoas se perguntavam se o rapaz era o cego e alguns, em dúvida, percebiam nele semelhança com o cego e o ex-cego respondia a todos: sou eu... sou eu... lavei-me e agora vejo ! Jesus me curou !
Estavam todos comovidos e os fariseus chegaram para acabar com a festa ! Mandaram chamar os pais do jovem para confirmar se o jovem havia nascido cego. Os pais confirmaram. Queriam os fariseus que os pais dissessem como ele começou a enxergar e os pais não sabiam dizer porque não estavam presentes no momento do milagre e disseram para acreditar no que o rapaz dizia pois ele já tinha idade para responder por si.
Perguntaram novamente ao jovem com foi a cura e ele impaciente desabafou que já havia explicado, num rompante de petulância, sugeriu que os fariseus queriam ser discípulos de Jesus.
Conclusão: o jovem foi expulso da sinagoga !
Quantas pessoas deixam de viver a graça de Deus com medo de ser expulso da sinagoga ? Ou, sei lá, de ser excomungado ?
Parece que a sociedade evoluiu muito, exceto o comportamento das autoridades religiosas !
Ingenuidade esperarmos alguma mudança a partir delas. Elas já estão condenadas, cabe a nós, conhecer a verdade por nós mesmos se quisermos viver a graça de Deus.
Imagina ! Dar poder para um qualquer de nos privar da comunhão com Deus ! Um tapado, um cego aparamentado !
Jesus veio para abrir nossos olhos !
O Evangelho é o  movimento da vida em abundância contra a morbidez dos cânones !
Amor é fundamental

Nenhum comentário: