domingo, 19 de outubro de 2014

De vestido e boininha pink

200 príncipes da Igreja Católica estiveram no Vaticano por 2 semanas discutindo sobre a família e os desafios pastorais.
O Sínodo é um Poder Legislativo ! (quando ouvimos a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil promovendo a Reforma Política é este tipo de Legislativo que ela pretende implantar).  O objetivo do Sínodo, que possui reuniões regula...res, é estabelecer uma unidade e coesão entre as ações dos bispos pelo mundo.
Seja lá o que eles decidam será uma decisão boa para os católicos ? O que é bom para os bispos seria bom para os fieis do mundo todo ?
Sei lá, mas para o católico que não concordar o remédio é a excomunhão.
Não se trata de democracia e sim de dogma e doutrina !
A opinião dos conservadores prevaleceu. Ao que parece, o único avanço que houve sobre temas como a homoafetividade foi de inclui-lo na pauta de discussão apenas. Para muito é um grande avanço, considerando o quanto o tema é um tabu para o Vaticano.
Francisco é um Papa muito sensível, uma pessoa muito sábia e de perfil progessista! Foi ele que incluiu o tema da homoafetividade no Sinodo.
Ele é um rei (para quem não sabe o Vaticano é um país  e tem como regime de governo a monarquia), mas a sua opinião não prevaleceu.
Francisco tem o poder de convocar o Sínodo, mas não tem poder sobre o conteúdo do documento aprovado !
Para quem subestima o poder do Legislativo este é um bom exemplo de como é o funcionamento das relações entre as instituições.
Para quem pensa que o Chefe do Poder Executivo é capaz de realizar tudo,  está claro os seus limites !
Sobre a homoafetividade:
Jesus nos ensina que devemos testemunhar as coisas da terra, pois sem haver compreensão delas não coseguiremos compreender as coisas do ceu, isto é, quem tem dificuldade em refletir sobre aquilo que vê mais dificuldades ainda terá em refletir sobre aquilo que não vê. (João 3:12)
1) a homoafetividade existe independente da opinião ou aceitação de qualquer pessoa;
2) o Evangelho reprova a violência;
3) interferir na liberdade de expressão de alguém é violência;
4) os padres conservadores repudiam a tese de que o gênero (papeis masculino e feminino na sociedade) é uma construção social;
5) os padres conservadores afirmam que a ideologia de gênero faz parte de uma conspiração marxista para destruir as famílias;
6) muitos casais homoafetivos desejam constituir família, inclusive adotando crianças;
7) muitos homoafetivos são cristãos e gostariam de comungar na Igreja;
8) a Igreja Católica se autoproclama guardiã do Evangelho;
9) o Evangelho nada diz sobre a homoafetividade;
10) nenhuma opinião dos bispos sobre a homoafetividade seja a favor ou contra pode ser fundamentada no Evangelho.
Papa Francisco manifestou o receio de a Igreja Católica ruir como um castelo de cartas caso não reveja seu comportamento pastoral, por isso a convocação do Sínodo !
A função pastoral é uma atividade educativa e quem pretende combater a confusão entre os gêneros poderia adotar iniciativas muito simples.
A roupa é o maior código social que cultivamos !
Os bispos pretendem expressar por suas roupas majestade, respeito, tradição e santidade.
No ocidente, homem não usa vestido !
No ocidente, a cor rosa ou pink é sinônimo de feminilidade.
Portanto, 200 homens (que não foram escolhidos democraticamente e que não pagam impostos no Brasil) usando vestido e boininha pink não inspiram credibilidade para orientar o comportamento das pessoas e muito menos rejeitar os homoafetivos.
Estava me esquecendo, eles ainda usam uma echarpe em volta da cintura.
Amor é fundamental

Nenhum comentário: