sábado, 27 de abril de 2013

Sementes

A palavra de Deus é como sementes e os seguidores de Jesus são semeadores.

Jesus sabia que nem todas as sementes germinariam e nos advertiu sobre isso, pois nem todos os corações são  solos férteis!

Pediu para que os apóstolos buscassem as ovelhas perdidas de Israel. A tarefa nunca foi fácil porque quem se distanciou da Lei o fez por ressentimentos e mágoas. O que falar de um coração neste estado?

Erramos porque outros erraram conosco! Aceitamos o erro como regra de sobrevivência para não passarmos mais por tolos, para não sermos mais prejudicados. E, com isso, alimentamos o mal, esterilizando mais corações.

Sejam lançadas as sementes em todos os corações. As sementes que não germinarem os adubarão. Outra advertência do Mestre, de extrema importância, é para os semeadores se afastarem de quem os recebem mal. A Palavra não merece ser mal tratada. Quem a desprezar estará privando-se de todo bem que ela oferece. Não é fácil assistir a pessoas continuarem sofrendo devido às suas escolhas, mas, as escolhas de cada um não nos pertencem. O que podemos fazer é orar por elas, inspirá-las com nossos exemplos e estarmos dispostos a andar duas milhas quando nos obrigarem a andar uma.

Demais advertências reforçam a atitude ideal a ser praticada: 'quem tiver ouvidos para ouvir que ouça e quem tiver olhos para ver que veja'! 'deixem os mortos enterrarem o seus mortos!' 'não joguem pérolas aos porcos'!

Esta é a autoridade dos semeadores da Palavra de Deus! Tudo o mais é vaidade de vaidades!




Hy Ho!

Nenhum comentário: