terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Genealogias

A coisa mais curiosa e mais sem sentido são as genealogias de Jesus. Um verdadeiro contra senso!

Não consigo imaginar Jesus entre uma pregação e outra falando de sua descendência real. "Vocês sabiam que eu sou descendente do rei Davi?"

Caso não seja ele quem tenha dito isso, ao que parece aquele Jesus que advertiu para que seus discípulos esquecessem pai e mãe e não aceitou, de modo ríspido, que a própria família o interrompesse durante  a evangelização, quem teria ?

O que aumenta a curiosidade é que dois evangelhistas fazem questão de apresentar a genealogia e outros dois não! Entre os dois que não a apresentam está João, que dos apóstolo foi quem mais teve intimidade com a família de Jesus, pois Jesus o incumbiu da responsabilidade de cuidar de Maria.

Já que Jesus não era afeito a este tipo de importância familiar ou de qualquer nobiliarquia é bem provável que entre os apóstolos isso também era irrelevante. Aliás, o maior indicador de nascimento para os seguidores da boa nova é o batismo, exatamente o ponto em que Marcos (que também deixou de mencionar a genealogia) inicia o seu evangelho.

A questão não é duvidar da verdade da genealogia ! A questão é pensar o quanto isso confunde e contradiz o próprio testemunho de Jesus, independente de qual seria a intenção dos evangelhistas.

Não existe maior realeza que ser filho de Deus e todos nós somos!

Ao batismo na água e no fogo!


Hy Ho!

Nenhum comentário: