domingo, 16 de dezembro de 2012

Arcádia de Carmem II

lambo a cria
encostado no feno
afinando o cavaquinho
faço uma aliança
com palha de ninho
enquanto ela colhe cebolinha
o gaspacho de carmem
é mais gostoso que da vizinha


almofariz
açúcar
almofadas
ali aqui
cartas


doma


dom
domínios
domador
dominado
doméstico
domi cílios


moura


você certa vez
me disse
que cavalos alados
não existem
e que os selvagens
são sublimes

rasguei
minhas fantasias
e tantas outras
evitei tecer


aurora
se sincera
fosse
cincerro
aurora
teria
aurora
ninguém
temeria
aurora
ninguém
quereria


carmem não quis
a américa
eu não quero marte

guadalquivir de carmem
tiet^, paraíba, cuiabá
de ary

tourear carmem
só um saci é capuz
de fazer
redemoinhos de poeira
driblam os chifres
toda fita
enfeita uma dama
bizerros dentro do lobo
filtros de carmem

khalorosa
se a melancia
tiver gosto
de melancia
eu quero
me intoxicarei de azul e
spermaneserei
kamacontigo

Nenhum comentário: