sábado, 17 de novembro de 2012

Indicações

A Indicação é o documento que o vereador envia ao prefeito para sugerir ações ou solicitar atenção sobre alguma demanda. Na condição de parlamentar (porta-voz) o vereador ouve muitas manifestações dos munícipes.

Sem competência legal para atender estas solicitações, o vereador encaminha estas ideias por um instrumento oficial denominado indicação. As indicações irão para as gavetas da Secretaria de Governo ou servirão de moeda de troca para futuras votações.

Infelizmente é assim, aquilo que o Poder Executivo deveria fazer por obrigação o faz politicamente, sempre com a justificativa de que não há recursos para atender a todos os pedidos (o que ninguém duvida) e de que  precisa entrar no cronograma de atividades (o que ninguém duvida também porque uma gestão organizada possui cronograma pra todas as tarefas).

É assim!

Se á assim ao  tratar de serviços imagina com ideias e conceitos ?

Cabe ao parlamentar realizar e difundir as práticas que acredita colaborar para a reflexão da sociedade. Educação política é uma tarefa típica de partidos políticos, mas estes não a fazem. Quando o parlamentar assume o compromisso ideológico e partidário terá que fazer a doutrinação política por si só com os recursos do subsídio.

Revelar lideranças? Organizar comunidades? Desfraldar bandeiras?

Comprometido, fará por si só por tudo aquilo em que acredita!




Hy Ho!

Nenhum comentário: