domingo, 28 de agosto de 2011

Dona Geuda

Porta-estandarte
de um Bloco singelo
Espírito livre e altivo
Do Morro de Madureira

Pairou como águia
sobre a cidade-bebê do Planalto
Abraçou tanto a terra como o asfalto
E voltou com dois poemas

Em Jacareí os revisou
lhes acrescentando novas palavras
Apagou desaforos sem abusar da borracha
Se redimiu dos excessos de zelo
ao não permitir que birras de criança
se transformassem em mágoas

Última estrela da trupe alemã,
cantou com voz doce
os conselhos da mãe trapezista:
" Fiquem atentos aos pequenos gestos
porque não há neste mundo
um trapézio mais exigente do que a vida"

Num momento a luz se apaga
A plateia se esvazia
O circo pega a estrada
Mas nos deixa uma pequena relíquia

Um cartaz colorido
com o nome dos artistas:
Werther, Walter,
Ilka e

Geuda.



Hy Ho!

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Harmonia e Movimento

Harmonia : relações simultâneas.










O que há por aí?






Qual o tanto de cada coisa?

Como as coisas se encaixam?






Temos o Povo e sua diversidade de opiniões, os Partidos Políticos com seus programas e diretrizes e as Legislaturas.







No que se refere à Câmara Municipal a primeira relação simultânea são os parlamentares de uma dada Legislatura que se agrupam em Bancadas que se caracteriam como sustentação ou oposição.






Claro que quando se fala em Harmonia precisamos lembrar dos momentos de Tensão e Repouso.






Além da composição interna a relação mais confusa para o Povo é entre os Poderes Legislativo e Executivo.






Em Jacareí, como já disseram os jovens na reunião da Juventude Democratas de Jacareí, a Câmara da cidade não passa de um cartório que homologa as decisões da Prefeitura!






Em uma cidade heterogênea como a nossa com 220 mil habitantes há a sobreposição de gerações e fico feliz com a percepção precoce de nossos jovens!






Seria de grande riqueza para Jacareí se a Câmara fosse altiva em vez de submissa!






Enquanto houver submissão do Legislativo é impossível qualquer contribuição relevante para o Município. Porque de nada adianta termos 13 cabeças se não houver um leque de opiniões!





A Câmara é a voz da população e aponta o Destino da Cidade. Composta por 13 vereadores para expressar a síntese com respeito à diversidade.





O Poder Legislativo colhe os anseios do Povo e os condensa. É o campo da abstração, a Imaginação no Poder!





O Poder Executivo, por sua vez, cuida do presente. Gerencia os serviços e zela pela qualidade dos atendimentos.













Movimento: relações sucessivas.









De onde estão vindo os tomates?





Que rumo tomará esta conversa toda?





O a priori e o a posteriori das coisas!









Muitos não querem pensar sobre isto e faz o estilo "fecha o olho e pé na tábua" ou "deixa como está pra ver no que é que dá"





Com um mínimo de observação, podemos interferir no rumo das coisas e entender as condições e circunstâncias que permitiram tudo ser como é.





Com interese pela História podemos evitar os eros do passado. Isto é muito bom, isto economiza esforços, isto é Tecnologia!




O novelo da História pode rolar pra trás e para frente, acreditando-se na lei no eterno retorno!




Basicamente, fatores semelhantes combinados resultam em resultados semelhantes, claro, considerando variáveis relevantes. Porque cada Tempo e Espaço alteram qualquer artifício, mas algumas podemos antecipar. As enchentes, por exemplo!







Voltando ao nosso tema político jacareiense!







1° movimento




Tivemos 205 candidatos a vereador divididos e concentrados em 3 vias, isto é, 3 candidatos majoritários a Prefeito.




As 13 cadeiras do Legislativo local foram preenchidas com 6 candidatos da sustentação do Prefeito eleito, portanto minoria e entre os demais 7 vereadores, 5 formavam a 2° via e 2 a 3° via.




Era uma Câmara com maioria de oposição, que elegeu como Presidente da Mesa Diretora um vereador da 3° via.




Felizes e coesos, em pouco tempo um vereador da 2° via se debanda para a sustentação e vira a mesa!




Quais os charmes e elegâncias do Executivo?




Lembra daquela Harmonia? Já não é a mesma!







2° movimento







Dos 13 vereadores eleitos temos:







2 com 5 mandatos.




1 com 4 mandatos




2 com 3 mandatos




4 com 2 mandatos




4 com 1 mandato







Destes no 1° mandato temos:







1 vereador que já foi Prefeito de Jacareí




1 que já foi suplente de vereador




2 que já foram candidatos 1 vez




1 que foi candidato pela 1° vez e eleito de prima (este sou eu, Dario BURRO)







O que podemos apreciar deste cenário é que os vereadores mais antigos possuem mais acordos para cumprir e quanto mais tempo de Casa maior o vínculo com os membros da Casa.




Quanto aos mais novos, nem tudo é novidade.




Um dos vereadores de 1° Legislatura efetiva é filho de um vereador que ocupou o Palácio da Liberdade por 6 mandatos, isto é, não deixa de ser uma espécie de Príncipe Herdeiro.

Então, muito do que parece NOVO não é novo!

Aliás, em Jacareí isto é muito comum: O NOVO já nasce encardido!





3° movimento


Os vereadores antigos são os que mais erram!

Talvez pela confiança que eles tem e do desgaste natural.

Conscientes do valor da imagem, vivem fazendo projetos de lei inconstituicionais para serem apelativos e serem notícias.

Conclusão: dificilmente ensinam algo produtivo para os mais novos.



4° movimento


As iniciativas políticas são restritas para atender os interesses dos financiadores da Campanha Eleitoral.

Uma coisa complicada de entender é que quem tem mais tempo de mandato faz a campanha mais cara!

Creio que seja fora de propósito porque quem tem maior visibilidade é mais conhecido e por isso não precisa sujar ta cidade com os santinhos.

É notável a participação das construtoras e atividades do ramo imobiliário nas doações de campanha eleitoral.


5° movimento


Cada vez mais os Partidos Políticos de vocação burocrática estão assumindo o Poder Executivo Municipal e deixam os empreendedores cuidando dos próprios negócios.

Cada vez mais sem diferenças ideológicas entre os Partidos Políticos decorre a distribuição de Poder com a oferta de "cabides" no setor público e contratações do setor privado para prestar serviços para o Poder Público. (Isto é, devolução dos investimentos de campanha eleitoral.



6° movimento

Todo esforço dos "cabeças" do "sistema" é de antecipar a composição do Poder Legislativo para manter a submissão ao Poder Executivo!

Tudo bem arrumadinho, até parece que existe apenas um Partido Político na cidade!

Cujos mandatários não estão dentro do Poder Público.

As Autoridades são quem menos decidem!



7° movimento


Se houver soluções dos problemas os Povo perceberá a movimentação política, identificará os agentes e reconhecerá as motivações.

Daí fica difícil levar tudo com a barriga!

Enquanto houver falta de atendimento na Saúde a população continua distraída com o que lhe é mais sagrado: a própria vida ou de entes queridos!



8° movimento

Os esforços de quem usufrui do Fisiologismo é deixar tudo ruim como está!

Engana-se quem diz que os políticos não trabalham. Eles trabalham, e muito, porém, é para manter os problemas!

Porque espontaneamente as coisas se resolvem e as soluções aparecem!


Hy Ho!

Discutindo a Relação

Ordem e Progresso!


Dístico do Positivismo desenvolvido por Auguste Comte e divisa de nosso pavilhão nacional.

Fui solene por pura solenidade e por uma leve intuição de que o tema merece.

A palavra Ordem está um tanto quanto desgastada. Foi justificativa do autoritarismo e agredida pelos exaltados pela Liberdade. Ficou turva ao sabor das conveniências.

A palavra Progresso também padeceu, talvez por estar ao lado da palavra Ordem, e como se diz: me diga com quem tu andas que eu te direi quem és!

O desgaste dos termos e dos conceitos é caso de grande aflição porque precisamos sempre renovar palavras para mantermos o significado de ótimas e velhas ideias.



Prefiro chamar Ordem de Harmonia e Progresso de Movimento.



Porque, de acordo com Comte, a Ordem é a relação das coisas simultâneas, isto é, como as coisas estão dispostas ao mesmo tempo, portanto, Harmonia e Progresso é a relação das coisas sucessivas, isto é, as coisas que acontecem em decorrência de outras, portanto,Movimento.





Hy Ho!