sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

DIÁRIO DE BORDO XXXIII

Às 6:30H na Infra. Esta metodologia de trabalho está sendo muito gratificante. Lá na Infra recebi elogios por defender o ex-prefeito BSL na questão da instalação do Pedágio em Jacareí. Numa conversa com membros da chapa 2 do Sindicato dos Servidores, defendemos uma fusão de programas com a atual diretoria. Acreditamos na visão ampla da recém-presidente Elza. A primeira idéia que surgiu para realizarmos a aproximação foi a de recuperar um extinto torneio de futebol entre os Servidores com times dos diversos departamentos. O entusiasmo está no ar!
Na volta, à pé, para a Câmara, eu e Joaquim passamos pelo Corpo de Bombeiros para pedir a remoção de um enxame de abelhas na Praça Tancredo Neves. Fomos convidados para conhecer a base e confesso que fiquei emocionado. Pela primeira vez andei pelos corredores do Corpo de Bombeiros e me aproximei dos caminhões. É bom, depois de velho, realizar alguns desejos de infância. Um membro ilustre da nossa Corporação é o Midas, um cão lavrador que atende todas as ocorrências do Vale do Paraíba. A sua especialidade é detectar vítimas soterradas, mas também é exímio nadador e muito valioso no socorro de afogamentos. O tour foi ciceroneado pela gentil Tenente Michele, comandante da Unidade.
Na Padaria Auxiliadora, para um rápido misto quente, atendemos a solicitação de um morador do Jardim das Indústrias, para fazer uma indicação de capina num terreno da Rua São Jerônimo. Também fomos convidados para desfilarmos na Escola Luz do Amanhã.

Mais uma vez sem almoço! Já estou me acostumando!

Pela tarde, filmamos a Rua São Jerônimo, mato pra dedéu!
Fomos à São José buscar as letras dos sambas da Unidos do Álcool e do Jacarezão.


Hy Ho!

Um comentário:

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom