terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

DIÁRIO DE BORDO XXI

O nosso amigo servidor trouxe mais 53 canudinhos na primeira hora do expediente.
Rivelino, também logo cedo veio nos dar um abraço e ficou feliz em ver o Rio Paraíba como fundo de tele em nosso computador.
Franco diz com alegria que foi rebaixado de motorista para carroceiro ao fazer algumas corridas para o nosso gabinete.
Joaquim Molotov procurou contactar os músicos da Corporação para gravar os metais.
Uma Senhora, Maria José, solicita orientação jurídica sobre herança e a encaminhamos para os nossos advogados.
Meu irmão Daniel apareceu para me dar um abraço e falar da crise.
Só hoje consegui escrever o meu currículo, solicitado pela Comunicação da Câmara há duas semanas. Sempre para depois, sempre para depois e... dead line! Aprendi este termo com os nossos jornalistas.

Pela tarde recebemos a visita de Dito da Escola Agrícola e falou de tudo! Foi bom, ele é um grande amigo e lembrou que durante a campanha as pessoas se surpreendiam por sermos candidatos de partidos diferentes e nos cumprimentarmos com entusiasmo e respeito pelas ruas.
Sr. Jorge Cespedes pergunta sobre uma lei federal de emissão gratuita ou com desconto para idosos.
Vinícius (filho do Iberê) veio saber mais detalhes sobre o Proteu, programa de transporte da Prefeitura para universitários. Um amigo dele passou em Psicologia na OUC pelo Pro-Uni, mas não tem recursos para as passagens. Vinícius ainda me cumprimente pela vitória e comente sobre a força do per5sonagem BURRO e da possibilidade de eu ser candidato a Deputado Estadual. Agradeci o seu entusiasmo e respondi=lhe: uma carroça de cada vez!
Acabamos o dia fazendo o roteiro dos assuntos para o uso da Tribuna.

Hy Ho!

Nenhum comentário: